Quando as frituras fazem bem?

quando fritura faz bem

how-long-do-i-deep-fry-chicken-in-a-deep-fryer_320837f3-46f7-4a91-807b-3805a0424d37_NoticiaAmpliada Quando as frituras fazem bem

Dizer “Eu como frituras” é correr riscos nos dias atuais.

Corre-se o risco de receber olhares “absurdados”, como se tivesse pronunciado uma frase escabrosa revelando um segredo cabeludo.

As frituras entraram para a lista das comidas com potencial de nos levar à desgraça.

O filé à milanesa virou sinônimo de comida que nos mata!

Assim como a coxinha, a banana empanada, o pastel!

Para se manter saudável, o melhor é comer filé de frango assado – se optar por esse estilo de comida que use, então, um molho de laranja, alecrim, alho inteiro e sal, por favor! leia mais

Tag 7 Coisas (na cozinha)

tag7coisas_FotorNavegando pela blogosfera, cheguei a um post simpático, de um blog do qual não lembro mais o nome (uma pena!), sobre a tag 7 Coisas.

A ideia é falar um pouco da gente mesmo. Fazer uma auto-análise, refletir sobre nós no passado, no presente e no futuro. Como estou necessitando parar um pouco e olhar para mim, decidi fazer esse exercício de auto-análise. Mas como, ao mesmo tempo, estou sem paciência para uma auto-análise tão profunda, vou subverter a “brincadeira” e colocar as minhas 7 Coisas para dentro da cozinha. leia mais

O segredo da comida gostosa

segredo da comida

Já faz algum tempo que venho matutando sobre qual o segredo da comida boa, gostosa. Parei pra pensar sobre isso quando comecei a notar a quantidade de alimentos que colocamos na boca e que apenas alguns se destacam. Por que será que uns se destacam mais do que outros? Será que é o tempero ou são os ingredientes? Será que é a mão da cozinheira/cozinheiro ou são as panelas?

Aliás, será mesmo a mão da cozinheira… então como explicar o sabor incrivelmente delicioso de alguns alimentos frescos? Para não complicar demais, vou ficar matutando, aqui no texto, apenas sobre a comida que sai do fogão (ou da geladeira). Não vou competir com a natureza. Também não vou incluir nessa lista o paladar, que, para mim, é a instância máxima no julgamento final se uma comida é gostosa ou não. leia mais

Consumidor consciente is priceless

consumidor consciente is priceless

Pesquisa de uma nutricionista da Universidade de Brasília mostra que crianças que assistem mais TV, canal pago ou TV aberta, correm maior risco de comer porcaritos ou guloseimas, como a pesquisa se refere às comidinhas com excesso de açúcar, gordura e sódio.
A pesquisa foi publicada no jornal Folha de S.Paulo, de sábado 6 de novembro. Segundo o jornal, para a Associação Brasileira de Anunciantes (ABA), os pais e educadores são responsáveis por controlar as informações sobre a alimentação das crianças. leia mais

Você é normal?

Esse teste é rápido. Tem apenas cinco perguntas. Não precisa anotar as respostas num papel. Dá para responder mentalmente.

1) Você já perdeu a paciência com seu(s) filho(s) e gritou com ele durante alguma refeição?
*Sim
* Não

2) Você já disse ao filho(a) que ele(a) não poderia beber nada antes de comer, mas após apelos insistentes acabou liberando goles da bebida antes da primeira garfada?

*Sim

* Não

3) Você já soltou, durante alguma refeição, um incisivo “vai comer porque eu quero” depois de alguns minutos de relutância infantil em comer o que era oferecido? *Sim

* Não

4) Já perdeu as estribeiras com a criança por causa da bagunça que ela fez à mesa durante a refeição?
*Sim

* Não

5) Já liberou porcaritos como refeição por total e absoluta preguiça de fazer uma comidinha mais saudável?
*Sim leia mais