A felicidade do retorno

O blog ficou quase uma semana fora do ar. Sete dias. Longos sete dias. Longos porque não se sabia exatamente qual era o problema que o afetava.

A incerteza é desestabilizadora. Passei os dias tentando manter a frieza. Sabia que uma hora tudo iria se ajeitar, que no final tudo daria certo.

O problema é aguardar chegar no final. Eu não sou muito dada à frieza. Acho que ainda tenho, apesar dos meus 45 anos, um comportamento infantil de reagir com exagero de emoções quando a coisa sai do meu controle. leia mais