Porque o apetite do filho diminui

porque o apetite do filho diminui

Há vários aspectos do desenvolvimento infantil que deixam mães, pais, avós assoberbados, uma delas é a repentina falta de apetite, porque o apetite do filho diminui. Existe uma explicação fisiológica para isso. As crianças crescem demais até os 18 primeiros meses. Para dar conta desse crescimento acelerado, os pequenos  comem bastante. Depois dessa idade (mais ou menos isso), crescem em ritmo mais lento e, sabiamente, o corpo reduz o apetite, ou melhor, ajusta o apetite para comer o quanto o crescimento pede. leia mais

Razões que tiram a fome das crianças

razões que tiram a fome da criança Existem muitas razões que tiram a fome dos filhos.  Pesquisas indicam que quase 30% das crianças não estão com fome no momento da refeição. Algumas vezes, porque comeram algo uma ou duas horas antes da refeição ou porque não estão mesmo com fome por outras razões como gripe ou resfriado chegando, cansaço ou sono e até um humor alterado. Outra razão é respondida pelo crescimento da criança. A recusa da filha ou filho em comer o quanto a mãe deseja é uma característica frequente entre crianças com mais de 18 meses de idade. Elas passam a rejeitar, principalmente, verduras e legumes, ficam seletivos, dão os primeiros sinais de autonomia e passam a determinam que aceitam colocar na boca. E isso significa ser pouco alimento.

Essa característica também costuma aparecer em crianças que são forçadas a comer ou que sofrem algum tipo de punição.Estudos indicam que cerca de 80% das crianças ‘aprendem’ a recusar os alimentos, principalmente, se são forçadas a comer. É a forma que ela aprende a impor respeito. Como se quisesse dizer: “Eu mando na minha boca, na minha fome.”

O bebê também deixa de raspar o prato porque sabe quando está com a barriga cheia. O “botão” de saciedade dele é exato, preciso. Na hora que a barriga encheu, ele para. Bebês não são como adultos que comem além da necessidade. O estômago de gente pequena é pequeno. Cabe pouco na barriguinha e que o desânimo frente a um prato de estivador impera. leia mais