Comemos muito açúcar!

Talvez você tenha passado pela mesma situação que eu já vivi em consultas com endocrinologistas e nutricionistas: ao me pesar, elas afirmam que a causa do excesso de peso é o meu estilo de vida. Estou 12 quilos acima do considerado ideal para a minha altura porque eu como muito mais do que queimo.

Ok, isso eu entendi. Mas o que de fato significa esse tal estilo de vida.

Não como mal. Como umas porcarias de vez em quando (domingo comi torone e tomei coca-cola junto. tudo ao mesmo tempo!)

Depois de ler o ótimo blog Sugar Stacks entendi o tal do meu estilo de vida. Porque a galera que faz o blog “desenhou” para os leitores quanto açúcar tem nos alimentos.  Peguei emprestado algumas imagens do blog, principalmente as de alimentos saudáveis, para “desenhar” para você também. Veja só: leia mais

Açúcar vicia?

A = Em entrevista à Folha de S.Paulo de ontem, o endocrinologista pediátrico Robert Lustig, que afirma que o açúcar é tão viciante quanto álcool e drogas, disse que devemos abolir o suco de frutas das dieta das crianças.

Diz ele na entrevista:

Qual a alimentação que os pais devem dar a seus filhos?
Crianças devem comer comida de verdade.

Mas isso inclui suco de fruta natural…
Não, suco de fruta, mesmo natural, não é comida de verdade. Deus fez suco de fruta? Não. Deus fez fruta. Qual é a diferença entre a fruta e o suco? Fibras. A fibra é a parte boa da fruta, e o suco, a má. Sempre que há frutose na natureza, há muita fibra –há uma exceção, o mel, mas este é policiado pelas abelhas. leia mais

Refrigerante X infância

O consumo exagerado de refrigerante é associado à obesidade infantil, à diminuição no consumo de leite e aumento no risco de osteoporose e ao aumento da incidência de cáries, segundo a Academia Americana de Pediatria (AAP). As versões tipo “cola”, também contém alto teor de ácido fosfórico que reduz a absorção do cálcio e podem ser estimulantes. Ainda segundo a AAP, entre 56% e 85% dos escolares americanos consomem pelo menos uma lata de (300 ml) refrigerante por dia, sendo que os meninos estão entre os “refrigerantecólatras”. No Brasil, infelizmente, esse consumo é muito parecido entre a moçada. Desse grupo, 20% consomem 4 ou mais porções ao dia. leia mais