Tag 7 Coisas (na cozinha)

tag7coisas_FotorNavegando pela blogosfera, cheguei a um post simpático, de um blog do qual não lembro mais o nome (uma pena!), sobre a tag 7 Coisas.

A ideia é falar um pouco da gente mesmo. Fazer uma auto-análise, refletir sobre nós no passado, no presente e no futuro. Como estou necessitando parar um pouco e olhar para mim, decidi fazer esse exercício de auto-análise. Mas como, ao mesmo tempo, estou sem paciência para uma auto-análise tão profunda, vou subverter a “brincadeira” e colocar as minhas 7 Coisas para dentro da cozinha.

7 coisas para comer antes de morrer

  • Leite condensado (sim, é o primeiro da lista!)
  • A torta de chocolate da Confeitaria Marilia Zylbersztajn
  • Burrata
  • Pesto
  • Strudel de maçã do café Einstein, em Berlim (olha que chato ter de ir até lá!)
  • Filé mignon na crosta de ervas, do Claude Troisgros, mas feito pelo meu marido
  • Salada de frutas assadas (um dia passo a receita)

7 coisas que eu mais falo (enquanto cozinho ou quando faço as refeições)

  • Gostou?
  • Está bom?
  • Errei no sal!
  • Cuidado, está quente!
  • Hummm, está uma delícia!
  • Quero a receita!
  • Merda! (inevitável quando cozinho e faço alguma bobagem)

7 coisas que eu faço bem (na cozinha)

  • Bolos maravilhosos (modéstia à parte)
  • Sopas e cremes saborosos
  • Pudim de leite muito bom
  • UM tipo de sorvete muito bem
  • Organizar a cozinha rapidamente
  • Arrumar e guardar 2 mil coisas dentro da geladeira e achá-las todas depois
  • Variar o trivial (dica do marido)

7  coisas que eu faço mal (na cozinha) 

  • Uso todas as colheres enquanto cozinho
  • Não sei cozinhar usando sapato (apesar de exigir isso dos meus filhos)
  • Demoro a acertar no tempero, principalmente, no sal, por isso que eu detesto comida sem gosto
  • Sou desorganizada para cozinhar porque não sigo a primeira regra básica da culinária: não leio toda a receita antes do preparo
  • Praticamente não respeito o tempo de cozimento
  • Não sei combinar os temperos
  • Fazer/cozinhar/fritar lombo e bisteca (ficam secos e duros)

7 coisas que eu amo (na cozinha)

  • As infinitas possibilidades que a cozinha permite
  • O cheiro de cebola refogando na panela
  • O barulho da pipoca estourando
  • O perfume do bolo assando
  • Aliás, todos os aromas que exalam das panelas e do forno
  • A incrível felicidade que me toma quando uma receita, que deu muito errado na primeira tentativa (ou demais tentativas), dá certo
  • Os blogues e canais de culinária, que eu leio e assisto com meu computador sobre a bancada da pia da cozinha

7 coisas que eu detesto (na cozinha)

  • Comida mal feita, sem gosto ou errada no tempero
  • Café ruim e servido sem um docinho
  • Cheiro de resto de café na xícara e de carne temperada na geladeira e de ovo nos utensílios já lavados
  • Carunchos (aqueles bichinhos pretos que nascem dentro dos pacotes de macarrão e são impossíveis de liquidar)
  • Louça: para lavar e mal lavada
  • Pano de prato úmido sobre a pia
  • Cozinha suja: pia suja, cuba, chão, fogão, armários

7 blogues para convidar para entrar nessa brincadeira

Eu (Lelê), ele e as crianças

Smiletic – Porque minhas opiniões cabiam na telinta da TV

Diiirce

Conversa de mãe

Dica de Mãe

Bossa Mãe

Prosadora

É isso!

Beijos,

Patricia

6 Comments

Milene Massucato

7 comentários sobre seu post:
– nunca comi um prato feito por suas mãos, e seria uma honra poder fazê-lo
– vou dar um google em burrata
– precisamos falar sobre bistecas e lombos
– vc cozinha descalça ou de chinelo?
– odeio cheiro de bife pq impregna na alma
– vc guarda comida em pote plástico?
– acho q cozinhar vicia como jogo: vc fica em busca daquele elogio, do prêmio do prato limpo, ativando o sistema de recompensa do nosso cérebro.
Desafio aceito!
Bjoooo

Reply
Patricia Cerqueira

7 respostas a esse comentário
– precisamos consertar isso!
– dê um google em burrata, compre, coma e fique com raiva na nossa mussarela
– precisamos falar sobre lombos e bissetas porque eu adoro essas carnes, mas não sei fazê-las
– cozinha descalça no verão e de chinelo ou crocs no inverno, inverno
– amo cheiro de bife impregnado no ar da casa, mas usar toalha cheirando a bife realmente é um horror
– guardo em pote plástico quando todos os de vidro estão ocupados, mas não gosto
– acho que cozinhar vicia também porque a gente fica procurando uma receita para variar o ingrediente de sempre.
Que bom. Vou ler.
beijos

Reply
Nanna

Sobre a minha cozinha? Terei que contar que dou uma colherada na Nutella todo dia de manhã?
ok, postando já já!
🙂

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *