Notícias sobre alimentação

Rolou muita informação sobre alimentação nos últimos dias. Como não conseguimos dar conta de tanta coisa, vamos dar um resumida nas principais. E, assim que possível, voltaremos aos tópicos com posts mais alentados:

– Pesquisa inédita sobre consumo de bebidas açucaradas entre crianças e adolescentes (3 e 17 anos) mostra que os brasileirinhos (na verdade os pais dos brasileiros) têm trocado cada vez mais a ingestão de água por alguma bebida adoçada (sucos de caixinha, água adoçada, refrigerantes). Esse hábito contribui para o aumento da obesidade. O estudo Liquid Metrics Brasil Infância e Adolescência feito com 831 crianças e adolescentes de SP, RJ, BH, POA e Recife foi publicado na revista científica BMC Public Health. (Com certeza, voltaremos a esse assunto em um próximo post pois estivemos na palestra que liberou o estudo, na semana passada, durante o Congresso de Pediatria Paulista, e temos mais dados para compartilhar).

–  A coluna da Cristina Padiglione, no Estadão, informa que a GNT vai estrear no dia 2 de abril o programa Socorro! Meu Filho Come Mal. A nutricionista Gabriela Kapim vai ajudar os protagonistas a melhorar os hábitos alimentares da família e, consequentemente, o da criança. Mas o programa não deve se restringir apenas aos problemas familiares à mesa. “São 13 episódios, cada um ocupado por um caso que merece a apresentação dos protagonistas – na faixa de 3 a 12 anos – dos familiares, dos hábitos da casa e possíveis diagnósticos psicológicos que passam longe do prato, mas afetam em cheio o menu. “Na maioria das vezes, a alimentação da criança é consequência direta da relação estrutural da família“, diz Gabriela. “Às vezes é o modo que a criança tem de chamar a atenção”, completa. O ato de comer, afinal, é uma das principais formas de a criança se impor no controle da situação, na linha do “quem manda aqui sou eu”, informa a colunista. Para ler a informação completa, clique AQUI.

– E por falar de birra à mesa, o site da revista VEJA traz uma entrevista com o pediatra Benny Kerzner, de quem já publicamos estudos dele aqui no blog, na série A CRIANÇA E O PRATO DE COMIDA, que você pode ler AQUI. Na entrevista, o médico destaca os erros mais comuns na hora de alimentar os filhos e fala sobre o que os pais jamais devem fazer à mesa quando os filhos fazem birra.

Portanto, queridas leitoras e leitores, há muito para ler e aprender. Boa leitura e excelentes refeições!

Beijos,

Patricia

 

 

3 Comments

Jacqueline

Eu quero assistir esses programas.
Tenho filhos adolescentes gordinhos, e que infelizmente, aprenderam a comer mal, e agora sofrem as consequências com dieta pra poder manter a forma nessa fase tão difícil.
O, meu enteado está no mesmo caminho, ele bebe 2 litros de coca-cola por dia, não bebe água, já falei sobre os males, mas não adianta, e o meu marido não tem força de vontade pra impedir…eu me preocupo muito, pois sei o veneno que é o refrigerante no lugar de água.
Também irei dar uma olhada nessa outra matéria.
Tenha uma ótima semana.

Reply
Eugenia

Mônica, olá.

Tenho uma dúvida alimentar. Minha filha vai fazer três anos. A pipoca continua proibida? Pergunto em razão do risco de engasgar… Você poderia comentar sobre isso e/ou outros alimentos perigosos? Muito obrigada. Boa Páscoa! Muita luz para você e Patrícia…

Reply
Comer para Crescer

Oi, Eugenia.
É a Patricia. Vamos fazer um post sobre esse tema. Acho uma sugestão muito boa. E lembro que dava pipoca para o Samuel com menos de 3 anos, mas tinha a paciência de quebrar uma por uma justamente com medo de que ele engasgasse. Mas com esse 3 anos ele já comia pipoca até na escola. Mas esse tema é excelente vamos pesquisar sobre o assunto.

bjs

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *