Por que usamos muito sal e açúcar na comida?

muito sal e açúcarJá faz tempo que escuto estrangeiros reclamarem que colocamos açúcar demais em nossas sobremesas.

Sobre o sal, há muito sabemos que consumimos além da conta. Nem precisamos dos estrangeiros para dizer isso.

Mas, por que o brasileiros coloca muito sal e açúcar na comida? Passei a refletir mais sobre essa questão depois de conhecer uma simpática chinesa chamada Tang.

Tang passou 60 dias na casa dos meus cunhados. Veio ao Brasil por intercâmbio para realizar trabalho voluntário. Ela tem 20 anos, mora em Beijing (antiga Pequim), estuda economia (eu acho!) e adora cozinhar.

Duas coisas chamaram a atenção dela sobre a nossa culinária:

  1. A comida é muito salgada, pouco apimentada e pouco variada no tempero e
  2. A comida chinesa que ela experimentou em São Paulo não é a verdadeira comida chinesa de Beijing.

Muito sal e açúcar na comida

Tang veio comer um dia na minha casa e me perguntou quais temperos costumo usar. Mostrei a ela a variedade de temperos secos e frescos no armário e na geladeira. Alguns ela conhecia, como alecrim, orégano, cominho e coentro. Outros, como salsinha, não!

Ela comeu uma folha de salsinha pura e amou.

Mas eu disse a ela que muitos temperos só conheci depois de casada, pois a minha mãe não tinha costume de usar uma variedade de temperos. Jamais vi minha mãe usar noz moscada, cominho, manjericão ou alecrim em carnes ou no preparo de legumes, por exemplo.

Também jamais comi qualquer alimento feito pela minha mãe ou por tias e avós com alho porro, salsão, pimenta rosa ou pimenta calabresa.

Falta de costume x pobreza

Quando a Tang me perguntou por que usamos muito sal e açúcar na comida, fiquei sem saber o quê responder.

Algumas ideias sugiram. Uma delas é que a origem da família da minha mãe é muito pobre. Minha avó era analfabeta. Nascida em uma família de analfabetos e muito pobres, com dinheiro para o apenas e tão somente o básico.

Minha mãe foi criada nesse ambiente. Mesmo não sendo analfabeta, era a última e sétima filha de uma família paupérrima.

Mas, conversando com marido, descobri que a mãe dele não usava temperos variados na cozinha. Nascida do Leste Europeu, Rachel veio para o Brasil ainda adolescentes, com os pais,  fugindo do anti-semitismo polonês.

Tinha educação e algumas posses. Tanto ela quanto a mãe, Helena. Segundo marido, essa, sim, fazia uma comida bem temperada.

Ou seja, a falta de dinheiro então não se aplica para a pouca utilização de temperos mais variados na cozinha.

O que prevalece, eu acho, é a falta de costume. Inclusive porque as ervas não são caras e a grande maioria pode ser plantada no quintal de casa.

Lembro que minha avó Lídia plantava ervas apenas para chás, como boldo. Mas não tinha manjericão, alecrim ou sálvia perfumando o jardim.

A falta de costume, muito mais do que a falta de acesso, acredito ser a principal razão para usarmos muito sal e açúcar em nossas pratos.

muito sal e açúcar

Mudança de hábito

Ainda bem que esse costume está mudando. Hoje, preparei uma tapenade vegetariana, repleta de temperos, e um dos patês preferidos dos meninos. Há uma série de comidas que não precisam de tempero e outras que ficam fantásticas quando acertamos a combinação de temperos, o que não significa ser apenas sal, cebola e alho.

E como era na sua família? Quais temperos sua mãe, tias e avós usavam?

Beijos e desejo que o hábito de temperar a comida brasileira vá muito além do sal, da cebola e do alho!

Patrícia

 

5 Comments

Gabi Miranda

Acredito muito que seja falta de costume não usar temperos diversos. Eu não uso. Mas gostaria de usar. Só que eu não sei como usar, o que combinar, a quantidade certa, então isso pega mais. Eu tenho até medo de colocar muito e ficar ruim… :/

Reply
Patricia Cerqueira

Gabis,
Pois é, primeiro eu achava que era falta de acesso de dinheiro, mas quando conversei com o Marcos e descobri que a mãe dele, que viveu uma realidade diferente da minha mãe e também não usava outros temperos variados, conclui que é muito mais falta de costume. Inclusive, porque a chinesa Tang explicou que na China, tanto pobres quanto ricos, usam muitos temperos e quase nada de sal das comidas.
Sobre as combinações, deixei um link de um texto que escrevi com sugestões de combinações.
Beijos

Reply
Temperos e condimentos: como usar e armazenar - diiirce

[…] Os temperos, ervas e especiarias podem mudar a cara de um prato trivial e garantir muito mais saúde na alimentação, não só pelas propriedades medicinais de cada um deles, mas porque diminuímos consideravelmente a adição de sal  e açúcar nas preparações se utilizarmos o condimento da maneira correta (leia: Por que usamos muito sal e açúcar na comida?). […]

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *