Socorro, meu filho só come arroz!

arroz

 

Meu filho Miguel sempre gostou muito de arroz, mas está na fase mais crítica, de comer arroz aos borbotões. Ainda bem que ele coloca feijão, com caroço, junto! O problema é que ele enche o prato, coloca três colheres (aquela colher que parece uma concha) de arroz e uma de feijão, acrescenta duas voltas de azeite sobre essa montanha e só. Come primeiro isso e só depois aceita comer um pedaço de carne. Se for vermelha, o pedaço é pequeno. Se for frango, até que come um filé inteiro. Se for carne moída come bem. O problema é que depois de tanto arroz não sobra fome para mais nada. A salada vai empurrada, assim como os legumes. Fruta? Que mané fruta! Não tem mais espaço. Mas, se eu deixar, ele é capaz de repetir a mesma quantidade de arroz, as três colheres!

 

 

Para a minha sorte, ele se apaixonou pelo arroz chinês shop suey, que leva de tudo (ovo, legumes e verduras), de um restaurante perto de casa.  Aproveito essa janela de oportunidade e faço arroz com tudo que pode imaginar, até com pedaço de frango. Eu até dou uma “fortificada” no arroz e uso caldo de carne, de legumes e de frango ao invés de água. Os caldos aqui em casa são caseiros para evitar o excesso de sódio e outras coisas que não gosto nos caldos industrializados.

 

 

Também acrescento ervilha, cenoura ralada, grão de bico cozido ou lentilha. Ele não curte muito com grão de bico, mas, como é arroz, come!

 

 

Uso molho de tomate, milho verde, espinafre, brócolis e couve-flor ralados. Esse três últimos também não são adorados, mas também não são rejeitados! Eu só não coloco em grandes quantidades para que o sabor do arroz se mantenha. Para não estressar o garoto por conta do espinafre, brócolis ou couve-flor, eu, geralmente, aumento a quantidade de cebola ralada. Ela mascara o sabor dos legumes, infelizmente. Mas, gente, tô na fase de comprar as minhas brigas. Porque vou armar um ringue na mesa do jantar se eu sei que o garoto não aceita muito o sabor dessas hortaliças se eu tenho como dar uma amenizadas no sabor delas? Que me desculpem os psicólogos, mas quem sabe da minha rotina à mesa com meus filhos sou eu!

 

 

A sorte é que é arroz, uma comida que a gente pode variar muito.  A tática tem dado muito certo. Miguel come arroz “fortificado”e colorido e meu coração tem ficado mais tranquilo.

 

Seu filho também é um louco por arroz? Um apaixonado pelo cereal? Como você lida com isso?

 

É isso!

 

 

Beijos,

 

Patricia

 

Crédito da foto:  The Kitchn

7 Comments

Lele

Isa, como boa JAPA ama arroz! Já gostou mais, confesso, mas acho que é porque o integral está reinando por aqui há meses… heheh Mas quando faço o arroz branco ou o empapado japonês, OMG! É igual ao Miguel.
Vou adotar sua tática. Acho que vai ser uma boa!
beijao
Lele

Reply
Mãe Consumista

Sorte que o teu ainda come outras coisas, minha neném só come arroz puro, só!!!!! Às vezes topa um ovo ou milho cozido! Teve uma época que só comia feijão puro, aos montes também, mas agora acho que enjoôu e não quer mais saber. Continuo fazendo o pratinho bonitinho, fofinho na esperança de que um dia ela coma direito!

Reply
Monique Prisciliene

Eu tenho um problema maior… meu filho tem 8 anos e NÃO COME CARNE, LEGUMES NEM FRUTAS!!!
Não sei mas o que fazer. O que me conforta é saber que ele também não come porcaria, mas isso me preocupa muuuito já que ele está assim desde os 2 anos.
Não sei mais o que fazer: já levei em nutricionista e ela disse que ele teria que cozinhar pra sentir vontade de comer. Hoje ele cozinha muito bem (levando em consideração que ele só tem 8 anos) mas não consegui despertar o interesse dele pelos alimentos!
alguém pode me ajudar??
já dei até remédio pra abrir o apetite e ele só aumenta a quantidade de arroz – sem feijão.

Reply
Veronica

Bom dia. Faço das suas minhas palavras. Meu filho está com 4 anos e desde os 2 não come nada que preste, salientando que comia tudo que uma refeição pode proporcionar (legumes, vegetais, sucos, frutas, carnes). Refeições são momentos de estress e só come arroz e raramente com purê. E tem que ser arroz branco, sem nada mais. E até o arroz está fazendo birra. Sem carnes, peixe, frango, vegetais, feijão ou qq outra coisa. Gosta de porcarias, mas não deixo…. jujuba, sorvete, bombom, coca cola, etc. Fico desesperada. Exames médicos só apontam pra falta de nutrientes, mas o estado geral dele é ótimo, inclusive é uma criança bem ativa. Bate mesmo desespero. Tb já dei vitaminas e de nada adiantou. A médica chama de apetite seletivo, e que um dia irá mudar, mas fico mesmo desesperada. Dorme com fome, mas não come outra coisa.

Reply
Gilvana

Olá, também estou desesperada. Meu filho Miguel de 02 anos só quer comer arroz branco, sem nada. Não posso mudar nem a cor do arroz e se ele acha algum corpo estranho dentro do arroz ele separa e não come. Não sei mais o que fazer. Alguém sabe o que posso fazer para enriquecer o arroz sem mudar a cor e o sabor?

Reply
Patricia Cerqueira

Oi, Gilvana.
Será que é mal de Miguel. Porque o meu Miguel também é fã ardoroso de arroz. Olha, vc pode fazer o arroz com caldo de legumes. Eu faço o caldo de legumes (coloco folhas e talos, além de cebola, cenoura) em casa. Vc pode cozinhar com carne de carne tb. Trocar a água por esses caldos. Leve ele pra cozinha e faça bolinho de arroz com ele. Para ele ir se acostumando com outros ingredientes no arroz.
Beijo e boa sorte!

Reply
Mirella Rangel

Gilvana meu bebe de 01 e 08 tbm está nessa, não consigo nem mudar a cor do arroz pq ele rejeita,o seu já passou dessa fase?

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *