Guia de sobremesas em SP: onde comer cannoli

guia de sobremesa: cannoli
Cannoli de creme de ricota da Moscatel

Cannoli é uma popular sobremesa italiana feita com massa de farinha, que é frita e recheada com um creme de ricota e frutas cristalizadas. (Tão popular que mereceu uma citação no filme “Poderoso Chefão 1”).

No Brasil, o mais próximo e popular dessa delícia siciliana são os canudos feitos com massa de pastel frita e recheados com doce de leite. Acredito que o doce italiano sofreu adaptação talvez pela dificuldade em descobrir e encontrar, por aqui, os ingredientes da sobremesa.

Essa situação mudou e hoje é possível encontrar o verdadeiro cannoli siciliano em SP.

Um desses lugares é o Moscatel, no bairro do Bixiga, que um dia já foi reduto da colônia italiana mas que ainda preserva muito da cultura do país.

O cannoli da Moscatel tem a massa sequinha, crocante e é bem recheado. Aliás, para ficar sequinho, a sobremesa é recheada na hora, na sua fretnte, ao contrário de outros cannolis que são vendidos pelo bairro, que passam o dia recheados o que faz a massa ficar murcha.

Encontrei o Moscatel por acaso andando pela rua Treze de Maio e decidi entrar para conhecer por causa da autodefinição que o próprio restaurante (eles servem refeições também) se dá: Moscatel, bar de açúcar. Olha quanto amor!

Cannoli e passeio

Se você, como eu, gosta de se deslocar pela cidade atrás de uma boa sobremesa, faço um outro convite: aproveite que você estará no Bixiga e passeie a pé pela Rua 13 de Maio e arredores.

Uma parte do bairro está degradada de fato (a cidade de São Paulo como um todo está bem descuidada), mas há uma parte do Bixiga que ainda preserva o clima amistoso e simpático, principalmente perto da Praça Dom Orione, onde aos domingos ocorre a tradicional feira de antiguidades e também tem cannolis à venda. Ainda na rua Treze de Maio, dá para visitar a Escadaria do Bexiga, que dá acesso ao Museu do Óculos, e conhecer vários antiquários.

 Você tem dica de onde comer uma deliciosa sobremesa em São Paulo? Compartilha comigo que eu vou até lá descobrir e provar essa iguaria.

Para finalizar, o trecho do Poderoso Chefão que “homenageia” essa deliciosa sobremesa:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *