Fica, vai ter receita de moqueca bem simples!

receita-de-moqueca-fácilAdoro moqueca de peixe, mas sempre achei um prato difícil de ser feito até descobrir uma receita de moqueca bem fácil, simples e que fica muito saborosa. Durante uma oficina de culinária na Feira de Orgânicos, que aconteceu no Parque do Ibirapuera, a chef ensinou a receita de uma moqueca capixaba vegetariana. Ao invés de peixe, ela colocou palmito. Não sou fã de palmito quente, mas ficou deliciosa (receita está mais abaixo).

Adaptei a receita trocando o palmito por peixe e a família comeu tudo e repetiu. Mantive a tradição da família Cerqueira e servi acompanhada de arroz branco soltinho e farofa com cebola caramelizada, além de um bom molho de pimenta para acompanhar!

Deixo aqui as duas receitas de moqueca. São sugestões para seremfeitas durante a semana, em dia corrido porque são bem simples. Não precisam ser feitas em panela de barro, de ferro ou qualquer outra panela especial. Nada disso. Usei a panela normal, do dia-a-dia, e ficou tudo muito delicioso!

Moqueca Vegetariana

Ingredientes da moqueca

1 cebola grande cortada em rodelas

2 tomates grandes cortados em rodelas (dê preferência aos orgânicos)

1 pimentão vermelho pequeno cortado em rodelas

1 pimentão verde pequeno cortado em rodelas

1 pimentão amarelo pequeno cortado em rodelas

1 vidro de palmito pupunha (de preferência orgânico)

1 fio de azeite

1 fio de óleo de amendoim ou de gergelim

1/2 xícara de coentro fresco picado

1/2 xícara de nori (alga japonesa seca) cortada em tiras

Sal e pimenta do reino a gosto

1 vidro de leite de coco

Rendimento: 4 porções pequenas ou duas porções generosas

Modo de fazer a moqueca vegetariana

Em uma panela funda, coloque o fio de azeite e monte a moqueca em camadas, começando pela cebola, em seguida, os pimentões, o tomate e o palmito. Repita as camadas (cebola, pimentões, tomate e palmito). Finalize com uma camada de coentro fresco, uma de nori picado, coloque sal e pimenta, e termine com o azeite de amendoim ou de gergelim e o leite de coco. Tampe e leve os fogo baixo até tudo ficar cozido. Sirva acompanhado de arroz e farofinha vegetariana (cebola, abobrinha e salsinha). O nori dá um sabor de peixe na moqueca. Para quem não gosta de coentro como eu, afirmo que eu provei e não senti o sabor do coentro. A chef explicou que existem diversas formas de colocar a hortaliça no preparo. O jeito para não deixar o sabor tão acentuado no prato é colocar o coentro para cozinhar junto com o prato e não na finalização. Deu certo. Ficou bem bom.

Moqueca de Peixe

Ingredientes da Moqueca

700 gramas de peixe firme (cação ou linguado)

1 cebola grande cortada em rodelas

2 tomates grandes cortados em rodelas (dê preferência aos orgânicos)

1 pimentão vermelho pequeno cortado em rodelas

1 pimentão verde pequeno cortado em rodelas

1 pimentão amarelo pequeno cortado em rodelas

1 fio de azeite

1/2 xícara de coentro fresco picado ou salsinha/cheiro verde

2 colheres de café de óleo de dendê (Você pode colocar mais se o seu paladar permitir. Eu coloquei quatro colheres de café)

Sal e pimenta do reino a gosto

1 vidro de leite de coco

Rendimento: 4 porções generosas

Modo de fazer a moqueca de peixe

A forma de fazer a moqueca de peixe é a mesma. Em uma panela funda, coloque o fio de azeite e monte a moqueca em camadas, começando pela cebola, em seguida os pimentões, o tomate e o peixe. Repita as camadas (cebola, pimentões, tomate e palmito). Finalize com uma camada de coentro fresco ou salsinha/cheiro verde, coloque sal e pimenta, óleo de dendê e termine com o leite de coco. Tampe e leve ao fogo baixo e deixe cozinhar até ficar mole, mas com consistência, sem desmanchar. Algo que acontece rápido, algo em torno de 30 minutos. Sirva acompanhado de arroz branco e farofa vegetariana.

Para finalizar, quero fazer duas considerações:

1) Eu como moqueca feita com óleo de dendê e acompanhada de arroz branco desde pequena. Jamais imaginei que um dia estaria viva para ler que arroz branco pode ser nocivo, que o melhor é arroz integral. Não imagino comer a moqueca de peixe com nenhum outro tipo de arroz que não seja o branco. Vamos demonizar menos o arroz branquinha.

2) Demonizar o óleo de dendê pra mim é demais. Esse tipo de óleo é consumido há décadas em diversas partes do mundo e não é o principal causador dos males do mundo.  Ele dá um sabor especial ao prato. Fico bem chateada quando leio texto dizendo que não ele presta! Use com moderação, como tudo na vida, para ter mais uma comida boa na mesa da sua casa.

Beijos,

Patricia

PS: A foto que abre o post é de arquivo da Stock porque não deu tempo de fotografar a moqueca aqui de casa. Desculpe!

4 Comments

Lele

Adoro moqueca e vou tentar fazer já que as crianças tem demonstrado um paladar bacana para peixes!
O arroz branco é fundamental para alguns pratos. CONCORDO mesmo!
heheh
beijos
Lele

Reply
Arecio dos Santos

Gostei da apresentação no seu site da nossa culinária, gosto muito de fazer comida, mas para poucas pessoas. Parabéns e muito sucesso.

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *