Especial sugestão de cardápios – 3

Neste terceiro dia de Especial Cardápios, uma mãe de adolescentes busca ajuda para o cardápio equilibrado.

Essa fase da vida dos filhos é bastante delicada no item refeição saudável por algumas razões importantes: estão na fase do estirão, período em que se atinge o máximo da formação dos ossos e precisam de cálcio, ou seja de beber leite pela manhã, estão também na fase de conquista de independência dos costumes e é muito comum o adolescente abolir o café da manhã porque não está com fome, acarretando na falta do copo de leite clássico, que garante uma parte do aporte diário de cálcio. Sem falar que, por conta do estirão, eles sentem uma fome de Fred Flinkstone, mas não têm lá muita atração por legumes, verduras e frutas. Lembro das inúmeras tentativas da minha mãe em fazer eu comer escarola refogada, vagem refogada, mandioquinha refogada entre outras tantas comidas refogadas na minha adolescência.

Abominava legumes e verduras refogadas ou em tortas. Logo, não comida verduras e legumes. Apenas salada.

Ainda abomino verduras refogadas. Desculpem, mas parece que foram mastigadas e vomitadas. Argh!

Voltando…

A Rosiene disse:

Oiiiiiii, sou mãe de 2 adolescente que almoçam em casa. Meu esposo almoça na empresa. Tenho medo de não estar sabendo administrar as refeições aqui em casa, desde o café da manhã. Existe alguma ideia de cardápio semanal para que eu consiga oferecer à minha família as vitaminas e nutrientes necessários para que possam se alimentar adequadamente?

Por favor, se for possível me ajudar, agradeço.

Att,

Rosi

 

Rosi, sua linda.

Mães como você me emocionam realmente. Não é papo. Ler algo como “para que eu consiga oferecer à minha família as vitaminas e nutrientes necessários para que possam se alimentar adequadamente?” me deixa muito contente. Mas, antes de mais nada, agora que os filhos estão adolescentes, a preocupação de alimentação equilibrada deve ser compartilhada com eles e, obviamente, com o marido (que aliás deve ir para cozinha fazer uns pratos com as “crianças”, viu!).

Bem, você já deve estar careca (ops!, não) de saber que um prato com nutrientes equilibrados é o de sempre: ter um cereal, tubérculo ou raiz; uma leguminosa; uma proteína; algum legume, verduras; e gorduras. Em cada um desse grupo alimentar é possível encontrar uma variedade enorme de ingredientes para fazer qualquer refeição ficar uma delícia. Todos os dias. No post de ontem, publiquei uma tabela com sugestões de comidas em cada um desses grupos.

Na nossa seção de Cardápios, temos várias sugestões do que fazer no almoço e no jantar. Não são dicas equilibradas nutricionalmente, porque NÃO SOU NUTRICIONISTA. Sou jornalista. E as sugestões atendem ao gosto particular da minha família e da da Mônica. Mas inspiram.

Sugiro para o seu caso: que tal sentar um dia com os filhos e pedir a ajuda deles para montar as refeições da semana. Será um cardápio especial, da sua família, respeitando os gostos dos seus filhos e a sua preocupação no equilíbrio. Os jovens gostam de alguns porcaritos. Eu permito aqui em casa, até para a felicidade geral da nação. Mas acrescente detalhes saudáveis: uma torta de carne moída pode ter algum legume, como uma cenoura, se eles gostam. Ontem vi uma receita de torta de escarola com salame (hummm!).

Lembre os garotos (são garotos?) da importância do cálcio nessa fase:

“O cálcio é um mineral responsável pela formação dos ossos e dentes. Em uma refeição diária normal, os alimentos lácteos fornecem mais da metade da necessidade de cálcio. Os outros alimentos que também contribuem para a ingestão diária de cálcio são os vegetais de folhas verdes, leguminosas, ovos, mariscos, nozes e castanhas.” (Alimentação e Nutrição no Brasil).

E boa sorte!

beijos,

Patricia

 

3 Comments

Tatiana

Ola, adorei o seu site 🙂 Muito util! Mas nao sei se vc pode me ajudar com sugestoes de cardapios pra minha filha de 15 meses q eh alergica a leite e ovo. Estou passando muita dificuldade pra pensar em um cardapio pra ela sem esses ingredientes. No momento ela so quer comer macarrao e muita fruta e esta com deficiencia de ferro e algumas vitaminas.
Obrigada!
Tatiana

Reply
Comer para Crescer

Oi Tatiana, no seu caso, acho que o melhor mesmo é procurar a ajuda de uma nutricionista para montar um cardápio bacana. Assim ela poderá administrar os nutrientes que andam faltando na alimentação da sua pequena. O fato dela comer fruta é muito bom! Mas uma criança nessa fase não pode ficar com deficiência ferro e vitaminas para não interferir no seu desenvolvimento. Procure uma nutricionista ou pelo menos um pediatra que possa lhe orientar melhor. Beijos e boa sorte!

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *