Depois do Help… bem feliz :)

Leitores e leitoras. Seguidores e seguidoras e fãs, não dá para imaginar a vida sem blog nem redes sociais, viu!? Foi lindo ontem. Muitos comentários bacanas no post Help e no @comercrescer. Obrigada. As dicas foram ótimas, com muitas ideias práticas de como fazer uma festa infantil sem geladeira nem fogão. 

Por conta das tantas sugestões, fui atrás de um tal de chocolate Callebaut para enrolar os brigadeiros. Não reclamem da minha desatualização. Eu não conhecia essa maravilha belga, afinal não sou nem cozinheira nem gourmet, apenas comilona. Nunca mais os brigadeiros serão enrolados com outro granulado senão o da foto acima.

Mas para chegar ao belga a distância era o problema. A única loja que venderia o chocolate que a Perolinha, do Pé na Cozinha, usou para fazer as bolotas chocolatentas da festa dela, com as receitas indicadas pela Helena Gasparetto,  fica longe. E o trânsito em São Paulo dá uma preguiça. Já tinha desistido de ir atrás do belga. Mas, como decidi fazer cupcake para a meninada, passei na loja Bondinho, que fica mais perto do que a Barra Doce, para comprar uma forma com os buracos dos bolinhos.

Tks God pela fila andar nessa vida! Explico: a Bondinho sempre foi uma loja de bairro para cozinheiras(os) amadores do bairro. Há anos andava bem caída. Mas, como a fila anda, a lojinha ganou novos donos, dois jovens empolgados e sintonizados com esse universo de guloseimas, o Cadu e a Alê. Eles estão, aos poucos, renovando os produtos nas prateleiras e colocando novidades.

Para a minha felicidade (e acho que de boa parte dos frequentadores da loja) tem chocolate Callebaut – de todos os jeitos, pacotes, sabores, formas e cores. Tem também outros chocolates gourmets de várias partes do mundo, além dos tradicionais Garoto e Nestlé. E mais: algumas forminhas de cupcakes lindinhas (poucas, é verdade), cinta charmosas para encaixar cupcakes e mais uma porção de coisinhas delicinhas para festas.

Tem ainda a chef Alê Heilberg pelos corredores. Não sei se ela fica todos os dias pela loja orientando os clientes. Sei que ontem ela estava lá, toda atenciosa e paciente. As antigas vendedoras da loja ficaram e continuam atenciosas e dispostas. Uma delas  me mostrou (e eu comprei) o Color Mist, um spray para colorir cupcakes, e Sprinkles, esses confeitos/enfeitos da foto, com formato de ursinhos, luas etc. 

Fiquei duplamente feliz: primeiro pelo carinho e atenção dessa rede maravilhosa  de amigas e amigos que fazemos todos os dias nessa mundão grande sem fronteira nem porteira. São laços de amizade virtuais surpreendentes. E também porque a fila anda.

A festa nem começou e eu já pirei! Mas vou contando sobre os contornos que a festa vai ganhando em novos posts. 

beijos,

Patricia

PS: A Mônica comprou as canetas com tinta comestível na Bondinho. Lembram?

7 Comments

Comer para Crescer

Lia,
Nem posso descrever como esses chocolates “granulados” são demais de deliciosos. Comprei o ao leite e eles quase não são doce. O kilo desse chocolate não é assim tão barato, mas acho que tem coisas que valem a pena. Aqui na Bondinho o saco de um kilo custa R$ 42. Mas com um kilo acho que dá para enfeitar uns 200 quilômetros de brigadeiros. Vou testar o brigadeiro e depois conto como foi a experiência.

Reply
Cristina Gomes

Ai..que invejinha.
Aqui na minha terra é dificil achar até gotas de chocolate comum…
Acho que vou dar umas voltas em SP…

Reply
Comer para Crescer

Oi Cristina, vem sim para São Paulo! Aliás, um dos projetos que eu Patrícia tentaremos para o próximo ano é fazer uma reunião com todos os nossos leitores… Mas sabe o que eu pensei? Será que a Bondinho não vende pelo site, tipo, para todo o Brasil?
beijos
Mônica

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *