Biblioteca: Socorro, meu filho come mal!

Capa - Socorro meu filho come mal

 

Desde que o programa Socorro, Meu Filho Come Mal estreou no canal a cabo GNT, eu tenho acompanhado as aventuras da nutricionista Kapim para mudar os hábitos alimentares de crianças e seus familiares. Os meninos adoram. Posso dizer que ficam tocados com o que assistem e sempre comem melhor depois de verem algum episódio.

 

 

Agora, Gabriela Kapim e sua amiga psicóloga Ana Abreu decidiram lançar um livro que não é um compilado do que aparece na TV (o que eu temia, por ser algo mais do mesmo). Não. Vai além (o que é muito bom).

 

Dividido em capítulos com os temas que mais pegam na alimentação infantil (odeio verdes,  experimentar novidades, comer o caroço do feijão, birra, guerra e ânsia de vômito além do viciado no refrigerante e suco de caixinha), Kapim traz histórias fictícias sobre todos esses problemas e elas fizeram sucesso aqui em casa com o Miguel. Ele ficou interessado em ler até o final.

 

 

O livro é legal também por isso: a família vai ler. Os grandes, os capítulos mais informativos. Os pequenos, as histórias.

 

 

G

Além disso, cada capítulo traz algumas receitas. Fiz a panqueca de ervas e é simplesmente maravilhosa. Tinha a maior dificuldade em fazer os meninos comerem panqueca com cor verde! Acho que até fiz um post sobre isso. Era traumático. O problema é que as receitas antigas levam espinafre. Na receita da Kapim, vai muitos verdes. Todos são ervas. E esse detalhe muda tudo. Como a sempre diz e insisti, comida boa muda tudo (#comidaboamudatudo). A panqueca verde da Kapim é infinitamente mais saborosa.

 

 

Enfim, recomendo o livro caso esteja perdida com os perrengues e maus bocados à mesa com os filhotes. Pode ser que esteja tudo errado na casa ou não! Lendo a Kapim e a Ana talvez você encontre o caminho na tranquilidade.

 

 

Fica aqui uma receita gostosa da Kapim para você fazer e conquistar o paladar dos pequenos e diminuir o medo pelos verdes:

 

receita de muffin

 

(Clique na imagem acima para vê-la ampliada, para vê-la maior)

 

Beijo,

 

Patricia

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *