As foods que são fast: ovos no shakshuka

fast que são foods: shakshukaOvo é aquele ingrediente que, acho, todo mundo ama (exceto os alérgicos, claro), portanto, desconfio que não faltem boas receitas com ele no papel principal.

Por isso, eu não deveria gastar um post com o produto principal da galinha, já que é tão popular e com receitas abundantes. Mas decidi correr o risco porque ovo faz parte do grupo das foods que são fast, assim como cogumelos, sobre o qual eu escrevi aqui nesse post. Comidas que facilitam um bocado o cotidiano culinário da família sem precisar recorrer aos alimentos ultraprocessados.

Indico a receita de shakshuka. Isso mesmo: shak-shu-ka! Ou simplesmente ovos cozidos com muito tomate e especiarias.

Descobri com o israelense Shlomi Asaf que shakshuka é uma comida de rua em Israel, como o shwarma ou o falafel ou os nossos churrasquinho grego e dogão com tudo.

Só o fato de saber que era uma comida, e, portanto deliciosa, já despertou o meu interesse. Comida de rua é comida boa demais da conta.

A receita de Asaf é muito simples: ovos, tomates e especiarias. Pesquisando um pouco mais sobre o prato, descobri com o Rodrigo Hilbert que shakshuka pode levar carne. A versão vegetaria ficou tão boa que, por enquanto, não vou variar.

Usei a receita do Asaf como base e adaptei para o paladar da família Cerqueira-Guterman.

Ficou simplesmente genial. Uma maravilha. Devoramos uma panela de molho com seis ovos com oito pães franceses, acompanhados de fatias de queijo.

Essa receita é para aqueles domingos preguiçosos, lentos, sem pressa. Como Asaf explica, o ideal é fazer o molho devagar, para ir apurando com calma e dar tempo de integrar todos os sabores. Algo que não fiz aqui, claro!

O segredo é o tempero com ervas.

Receita de shakshuka

Ingredientes

1 cebola grande

3 dentes de alho amassados

6 tomates grandes e maduros, sem sementes, picados bem miudinhos OU

1 lata de tomate pelado

300 gramas de molho de tomate ou passata

6 ovos

1 xícara de chá de salsa picada

Sal, pimenta do reino e muito tomilho

Opcionais:

Cominho e pimentões de todas as cores cortados em cubos bem pequenos

Modo de fazer

Lave e corte os tomates (tirando a pele e semente), a cebola e os dentes de alho. Se usar tomate pelado, corte os tomates e despreze as sementes.

Numa panela, coloque duas colheres de sopa de azeite. Aqueça um pouco e coloque a cebola. Refogue até ficar transparente, acrescente o alho e os tomates. Se sua família gosta de pimentão, acrescente também.

Misture, abaixe o fogo e deixe refogar um pouco. Acrescente o molho de tomate, os temperos. Mexa mais um pouco.

Acrescente os ovos, um a um. Deixe cozinhar, sem tampar, para o ovo ficar mole por dentro e consistente por fora.

Eu segui a dica do Asaf e misturei os ovos ao molho, ao invés de deixá-los inteiros.

Coloque no pão com uma fatia de queijo prato de boa qualidade e seja feliz!

Beijos,

Patrícia

PS: A foto do prato que abre esse texto é do blog do Asaf, o delicioso Sabores de Israel. Não deu tempo de fotografar o prato aqui de casa. Os ovos foram devorados na velocidade da luz.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *