Abobrinha grelhada na sanduicheira

A sugestão de receita prática de hoje é abobrinha grelhada na sanduicheira! Isso mesmo. É simples, prático, rápido e sem sujeira. E a abobrinha ainda vira uma salada maravilhosa.

Abobrinha grelhada

Para fazer a abobrinha grelhada na sanduicheira, você vai precisar de alguns utensílios domésticos, além da sanduicheira. Um deles é o fatiador de legumes.

Dá para cortar a abobrinha com uma faca afiada. Porém, o fatiador de legumes (um igual ao da imagem abaixo) deixa as fatias em tamanhos uniformes, algo importante para que elas grelhem todas ao mesmo tempo. leia mais

Meus filhos cozinham – assim como o pai deles

Meus filhos cozinham e isso traz um bom tanto de alegria, orgulho e paz pra mim.

Meus filhos cozinham

Alegria porque sinto que minha aposta em cozinhar em casa, fazer comida caseira, envolver a família nessa empreitada deu certo. Já são quase dez anos “militando” nessa causa. Às vezes, com mais ênfase. Às vezes, com menos intensidade, mas sempre com a certeza de que comida boa muda tudo.

Orgulho porque acreditei que eles seriam capazes de aprender a cozinhar e gostariam do ofício. E acertei. Levei os meninos para a cozinha quando ainda eram crianças pequenas. Incentivei para que eles aprendessem a manipular facas, fogo e farinhas. Eles gostaram e entenderam que cozinhar é muito legal, mas querer atenção porque, do contrário, lascas de dedo são retiradas junto com o fatiamento da cebola. leia mais

Receita de feijoada de preguiçosa

Feijoada é um prato que eu adoro, mas tenho de admitir que o preparo dava trabalho até eu descobrir uma receita de feijoada mais descomplicada.

Receita de feijoada

Este post não é recomendado para os amantes da comida natural feita quase que 100% em casa. A receita de feijoada de preguiçosa leva mais ingredientes ultraprocessados do que a habitual. leia mais

Bolo de frutas – maravilhoso!!!

Um bolo de frutas secas fácil e simples de fazer e incrivelmente saboroso. É disso que fala esta receita, que tem o nome original de Christmas Cake, da confeiteira Dani Rollemberg.

Samuel, que não come frutas cristalizadas, adora esse bolo. Miguel… Bom, Miguel ainda tem um longo caminho de aprimoramento do paladar a percorrer. Enquanto isso, ele vai se deliciando com outros bolos, como o incrível bolo de chocolate! 

É um bolo úmido por causa da manteiga. Pouco açucarado apesar da quantidade de frutas secas, do mel e do açúcar mascavo. Um bolo que foge do lugar comum, dos tradicionais bolos de laranja, limão, chocolate. leia mais

Risoto de linguiça defumada e vinho tinto

Risoto de linguiça defumada e vinho tinto

Esta receita de risoto de linguiça defumada e vinho tinto não leva sal

Tem linguiça defumada sobrando?

Ganhou um vinho tinto que não é lá essas coisas e não sabe o que fazer com ele?

Junte os dois ingredientes e mais alguns outros e faça um risoto de linguiça defumada com vinho tinto, um prato incrivelmente saboroso e com um colorido especial.

O risoto de linguiça defumada e vinho tinto tem sabor marcante. O segredo desse risoto, como diz Maxine Clark, em seu livro Culinária Italiana, e de onde eu parti para fazer a minha receita de risoto com vinho tinto, é reduzir o vinho completamente “para tirar o álcool e diminuir a acidez”. leia mais

Mudanças demais e vegetais de menos!

mudanças demais

este tem sido um ano particularmente diferente. mudanças demais, em demasia.

não me refiro às mudanças constantes, como o meu envelhecimento!

são outras grandes mudanças, que têm me exigido uma boa dose de maturidade e neutralidade para saber lidar com os imprevistos que têm acompanhado as novidades.

como…

…mudar do meu apartamento amado, querido e limpo para o apartamento imundo, cheio de baratas, gelado, escuro e barulhento do AirBnb.

…os primeiros sinais de barba do meu filho (ahhhhh!!!). leia mais

Fudges chocolatudos e cheios de afeto

fudge chocolatudo

O balé clássico é um grande amor em minha vida. Me apaixonei por este estilo de dança  aos 7 anos, quando comecei a fazer aulas numa academia de bairro. No começo, era algo sem pretensão. Apenas uma atividade física. Mas a união entre música clássica e movimento corporal me impactou de tal forma que não consegui mais largar.

Na adolescência, integrei um grupo de dança, o Ilusão e Vida, na mesma academia onde comecei a fazer a aula, com a mesma professora e, praticamente, as mesmas colegas de aula. leia mais

Vinagrete de grão de bico

vinagrete de grão de bico

Procurando por uma receita onde eu pudesse usar o sumac que ganhei de uma amiga, cheguei a esta receita de vinagrete de grão de bico.

Como uma boa paulistana, eu aprecio muito vinagrete, principalmente se for:

  1. no pastel

  2. no churrasco

  3. como recheio no pão francês

  4. misturado na farinha de mandioca

E como boa paulistana, acho vinagrete uma receita que invariável. Deve ter apenas cebola, tomate, salsinha além de muito vinagre, um pouco de azeite e sal.

vinagrete de grão bico

Depois de experimentar o vinagrete de grão de bico, comecei a desconfiar que a minha definição para a receita correta de vinagrete está muito anos 80. leia mais

Dia da cerveja

Espuma-cerveja-banner

Nem sabia que existia o dia da cerveja, ou melhor,  o dia internacional da cerveja. Fui avisada pelo pessoal da Eisenbanh, atualmente minha cerveja preferida. O texto que eles me enviaram é cheio de curiosidades, que achei bem legais por isso decidi compartilhar algumas:

Quando surgiu a ideia de ter o dia da cerveja?

Começou com uma brincadeira entre amigos em 2007, em Santa Cruz, na Califórnia, EUA. O americano Jesse Avshalomov, um apaixonado por cerveja, contou sua ideia de ter um dia inteiro dedicado a amada bebida e junto com três amigos, Evan Hamilton, Aaron Araki e Richard Hernandez, conseguiram convencer o dono do bar preferido deles a fazer uma festa com esse tema. A celebração cresceu e ganhou o mundo. Já foram realizadas mais de 350 comemorações oficiais, em 50 países inclusive no Brasil. leia mais

Arroz, feijão, ovo e uma mãe desnecessária

mãe desnecessáriaArroz, feijão, ovo frito

Meu objetivo dentro da maternidade é ser uma mãe desnecessária.

Pra mim, que sempre quis manter os filhos debaixo das minhas asas, é uma meta bastante ousada. Há alguns anos, ela seria impossível de ser alcançada.

Com os filhos adolescentes, não tenho outra opção a senão ser desnecessária.

Ser desnecessária é ir, aos poucos, saindo de cena do cotidiano deles para que eles possam assumir as obrigações, com seus deveres e, claro, os direitos como cidadãos do mundo. Serem plenamente capazes de assumir as consequências das próprias escolhas. leia mais